top of page

Como entender o custo trabalhista do seu negócio?


Segundo uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CLIQUE AQUI) o custo total de um empregado pode chegar até 03 (três) salários para uma empresa.


Isso é muito impactante e merece uma atenção especial.


Para entender como funciona o custo total é importante ter em mente que existem 2 (dois) tipos de gastos:


1. Custos do empregado = salários, férias com um terço, décimo terceiro, FGTS, vale transporte, etc.


2. Custos do governo = que são os encargos tributários calculados sobre as verbas de natureza salarial paga aos seus empregados.


Para que fique bem claro, suponhamos que o salario do seu colaborador seja de R$ 2.000.00 (dois mil reais), considerando os encargos vigentes em 2018, temos o seguinte:



Logo, seu empregado custará a você R$ 3.376,00 ao mês.


Isso demonstra a importância de realizar um planejamento prévio antes de contratar mais empregados ou começar a contratar.


É importante que seja realizada uma avaliação do momento pelo qual sua empresa está vivenciando e se há realmente a necessidade de ampliação da equipe.


Essa postura é de suma importância para que possa contratar colaboradores engajados, com seus direitos preservados e também te auxilia a garantir o crescimento da sua empresa.


E para lhe auxiliar nesta empreitada disponibilizamos gratuitamente essa ferramenta que chamamos de CHECKLIST DAS OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS, com ela você terá em mãos os principais direitos trabalhistas que deve assegurar aos seu empregados e o quanto isso lhe custará. Clique na imagem abaixo e solicite o download gratuito agora mesmo.

19 visualizações0 comentário
bottom of page