top of page

Todos temos direitos!


Não é de se espantar quando uma pessoa entende ter mais direito que a outra, afinal de contas, essa é a costumeira politica do "meu direito começa quando o seu termina". Esse jargão está mais que equivocado.Todos nós temos direitos ao mesmo tempo: temos direitos simultaneos, ou acaso meu direito de viver somente começará quando terminar o seu?

Portanto, defendo que, todos tem direitos, independentemente das circunstancias. É claro que não faço apologia aos que cometem crimes hediondos, nem esse é o intuito. O intuito é de mostrar que o direito de uma pessoa não sobrepõe o da outra, pois o que faz uma delas ser a vencedora é a maneira de exercê-lo.

16 visualizações0 comentário
bottom of page